segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Hoje tivémos a manhã da Ciência


QUANTAS CORES TEM A TUA CANETA VIOLETA?
 


Material
•    papel de filtro ou filtro de café
•    canetas de feltro
•    vários frascos de iogurte ou copos ou uma vasilha
•    molas da roupa de plástico
 



 A água separa as cores
Viste que a luz branca do Sol é formada por várias cores. E o que acontecerá com as tuas canetas de feltro? Também as conseguirás separar em diferentes cores?
Para chegares a uma resposta tenta fazer a seguinte experiência. Corta o papel de filtro (pode ser do papel de filtro para a máquina de café) em tiras longas com a largura de um dedo. Próximo de uma das pontas das tiras, pinta uma bolinha com uma das tuas canetas de feltro. Pinta bolinhas de cores diferentes nas várias tiras de papel que cortaste. Deita um pouco de água no fundo dos frascos, copos ou vasilha e coloca as tiras de papel lá dentro encostadas de modo a que apenas a ponta da tira fique na água (e não a parte pintada). Podes prendê-las com uma mola ao copo ou à vasilha para elas não caírem. Podes entretanto fazer outra coisa, mas, de vez em quando, espreita o que se está a passar.
 
O que observas?
É verdade, algumas das tintas são feitas de várias cores e outras de uma cor só. Deste modo podes sempre descobrir se a tua cor preferida é simples ou formada por várias cores. As tintas de certas canetas podem não funcionar porque não são solúveis na água. Experimenta diferentes canetas e diferentes papeis. 

 

E porque se separam as cores? As diferentes cores das canetas de feltro são por vezes obtidas misturando cores. Por exemplo, pinta amarelo por cima de azul. O que obténs? A água dissolve a pinta que pintaste no papel e as diferentes cores que a formam movem-se na água mais depressa ou mais devagar. A cor que for mais longe da pinta é a cor que se move mais depressa.

 In “Ciência a Brincar”
Constança Providência, Helena Alberto e Carlos Fiolhais
Editoral Bizâncio, 1999

7 comentários:

Nuno Silva disse...

Ciência às cores:-) Interessante. Eu gosto de cores e de pinturas tb!

hugo Batista disse...

Aprender as cores ajuda-os a colorir as suas vidas...

Cíntia disse...

Pronto, já percebi de onde veio a conversa, que hoje teve ao telefone com uma amiga...
:)

sofia disse...

Vou adorar fazer a experiência com a minha Madalena... Vou tornar a nossa vida mais colorida...
Beijinhos.
Sofia Sobral

margaridabatalha disse...

As experiências são uma boa forma de aprender e fá-los questionar os acontecimentos do dia a dia de outra forma.

Continuem o bom trabalho...
Bjs
Margarida Batalha

Anónimo disse...

Vou pedir ao Nuno para reproduzir a experiência.
Sandra Coelho

Maria Margarida disse...

Brincar com a Ciência, é uma forma divertida de espevitar a curiosidade dos "pequenos cientistas"para observar e procurar explicações para os fenómenos que os rodeiam. O Projecto "ABC da Ciência", que nos vem acompanhando há já 4 anos, é a garantia de que continuaremos a encantar miúdos e graúdos, tratando coisas simples com o rigor que o conhecimento científico exige.